26 de Julho de 2017

Vivo ativa Voz sobre LTE em Rio Verde

Expansão nacional acontecerá aos poucos. Teste com o VoLTE no roaming internacional acontece em conjunto com a Movistar Argentina, em ambiente controlado

A Vivo ativou ontem, 25, a tecnologia de voz sobre LTE (VoLTE) na cidade de Rio Verde. A cidade foi a primeira a liberar o espectro de 700 MHz para uso por parte das operadoras de telecomunicações, em meados de 2016. O produto estará disponível, inicialmente, apenas para clientes pós-pagos.

A empresa anuncia também que começou a realizar testes para o VoLTE no roaming internacional, em conjunto com a Movistar Argentina. Não, porém, prazo para término dos testes e lançamento oficial do recurso para quem viaja ao país vizinho.

O VoLTE transforma voz em dados, e faz com que as chamadas trafeguem na rede dentro do protocolo IP, de internet. Ele torna possível a realização de chamadas telefônica pela rede 4G, que é baseada unicamente na transmissão de dados.

“Essa tecnologia nos permite melhorar ainda mais a experiência do cliente, já que as chamadas de voz passam a ser feitas em alta definição, com mais nitidez e menos tempo de resposta na conexão, o que resulta em qualidade significativamente superior às ligações que utilizam outros tipos de redes”, afirma Marcio Fabbris, vice-presidente B2C da Vivo.

Com as chamadas acontecendo no 4G, as operadoras podem destinar espectro atualmente usado em 2G ou 3G, aumentando a velocidade das conexões de dados.

Atualmente, o VoLTE encontra-se disponível em mais de 50 países, como Estados Unidos, Espanha, Coreia do Sul, Canadá, China, Portugal, Japão, Itália, Alemanha, França e Colômbia.

Codecs HD

Segundo Átila Branco, diretor de Engenharia Móvel da Vivo, a voz HD é obtida por meio da utilização de novos codificadores (codecs) que suportam maior quantidade de informação (bps).

“Essa nova gama de codecs possui mecanismos que eliminam ou reduzem ruídos externos e mecanismos de detecção de atividade de voz ”, afirma. Não apenas a qualidade da voz melhora, como aumenta a autonomia da bateria dos aparelhos e gera otimização de recursos de rede, já que é transmitida somente a informação que é necessária.

Para usar a voz HD, tanto o emissor quanto o receptor da chamada devem estar utilizando aparelhos que suportem tais codecs, em uma rede com o VoLTE habilitado.

As chamadas em VoLTE serão consideradas como ligações de voz, não tendo impacto no consumo de dados do usuário e tampouco serão geradas cobranças adicionais. Em princípio, estão homologados para uso de VoLTE junto à Vivo o Motorola Moto Z, Moto Z Play, Samsung S8 e S8+. Clientes que já tenham esse tipo de aparelho devem atualizar o software para ter acesso à tecnologia.

A empresa está preparando sua rede para expansão gradual do VoLTE nacional para o restante do país, mas não fornece prazos. A Vivo está presente com 4G em 1,5 mil cidades.

Ontem, a TIM anunciou a entrada em operação do VoLTE em Brasília e em mais seis cidades até o final deste mês, com planos de expansão para ao menos outros 60 municípios até o final deste ano.

TeleSíntese

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora