17 de Março de 2015

Sites bloqueados por apologia ao terrorismo

Endereços difundiam decapitações e distribuíam propaganda e discursos do EI. Capacidade de bloqueio foi aprovada recentemente pelo Parlamento

O acesso a cinco sites acusados de fazer apologia ao terrorismo foi bloqueado na França desde o final da semana passada, indicou nesta segunda-feira (16) o ministério do Interior francês.

Entre os site afetados estão o do Hayat Media Center, um braço do grupo Estado Islâmico (EI) encarregado por sua comunicação, o site Mujahadia 89 e ainda o islamic-news.info, segundo esta fonte.

Todos foram acusados pelo ministério de "apologia ao terrorismo", difundindo imagens de decapitações e distribuindo a propaganda e discursos do EI.

A capacidade de bloquear sites faz parte das medidas aprovadas recentemente pelo Parlamento no âmbito da luta contra o terrorismo.

A medida foi criticada pela comissão consultiva dos direitos Humanos, que estimou ser necessária uma intervenção de juiz para ordenar e controlar a retirada de um conteúdo ilícito e o bloqueio de um site.

"Eu não quero que na internet existam sites que levem pessoas a pegar em armas", justificou o ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, nesta segunda-feira à noite.

"Eu diferencio a liberdade de expressão da difusão de mensagens que fazem apologia ao terrorismo, essas mensagens de ódio são um delito", ressaltou.

G1

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora