06 de Setembro de 2016

Lindsay Lohan perde processo contra jogo Grand Theft Auto V

Atriz acusava fabricante do game de se inspirar nela para criar personagem. Tribunal também negou queixas similares feitas por estrela de série de TV

Um tribunal de apelações de Nova York rejeitou nesta quinta-feira (1º) um processo no qual a atriz Lindsay Lohan acusou a fabricante da popular série de videogames "Grand Theft Auto" de se inspirar nela para criar uma personagem, sem sua permissão.

A Take-Two Interactive Software não usou o "nome, figura ou imagem" no "Grand Theft Auto V" e, portanto, não violou seu direito à privacidade, disse o painel de cinco juízes da Divisão de Apelações em Manhattan.

O tribunal também negou queixas similares contra a Take-Two feitas por Karen Gravano, estrela da série de TV "Esposas da Máfia".

O advogado de Lindsay, Robert Pritchard, não comentou o caso. O representante de Karen, Thomas Farinella, disse que ele e sua cliente estão "claramente decepcionados e explorando nossas opções". A Take-Two não respondeu a uma ligação com pedido para comentários.

Lacey Jonas

No processo, aberto em 2014, Lindsay afirmava que os criadores de "GTA V" usaram sua imagem, voz e estilo sem autorização para criar a personagem Lacey Jonas. Ela pedia uma reparação financeira.

Em documento judicial tornado público no mesmo ano, a Take-Two classificava o caso como "frívolo" e dizia acreditar que ele foi "movido por propósitos publicitários".

G1

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora