08 de Abril de 2016

ICQ lança versão para PCs com Linux

A promessa é de um app multiplataforma com visual limpo para iniciar conversas individuais ou em grupos

O mensageiro ICQ, que perdeu espaço para gigantes como WhatsApp, ganhou versão em código aberto destinada aos usuários do Linux. Testado nas distribuições mais populares do sistema operacional, o aplicativo traz algumas funções que o tornaram popular no Windows e Mac OS, além das versões para dispositivos móveis como no iPhone (iOS) e no Android. A promessa é de um app multiplataforma com visual limpo para iniciar conversas individuais ou em grupos. O programa é gratuito e pode ser instalado em computadores com softwares para 32 bits ou 64 bits.

Entre os recursos estão também o envio de mensagens de voz e de texto com reconhecimento de fala, sincronização de histórico entre dispositivos e compartilhamento de adesivos e arquivos com até 4GB.

Salas com 10 mil pessoas
Usuários do Linux também poderão usar o bate-papo ao vivo, em salas com mais de 10 mil pessoas ao mesmo tempo. Em outras plataformas, o ICQ oferece serviço de SMS grátis, jogos online, entre outras funções que o colocam na frente de concorrentes como o WhatsApp, Line e WowApp.

Caso você não use Ubuntu, Debian ou outra distribuição popular do Linux, é possível construir sua própria versão do mensageiro a partir do código aberto do ICQ, disponibilizado no repositório do GitHub. Além de Linux, Windows, Mac OS, iOS e Android, os mais de 11 milhões de usuários do serviço de mensagens também se distribuem entre as versões para Samsung Bada, Symbian, Java, BlackBerry e Windows Phone.

TechTudo

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora