21 de Março de 2012

Vereadores se aliam às causas dos animais

Parlamentares recebem visita da presidente da Associação Rio-verdense de Proteção Animal

A presidente da Associação Rio-verdense de Proteção Animal (ARPA) Aline Failla Seron se reuniu na manhã desta terça-feira, 20, com os vereadores James Borges (PSDB) e Iran Cabral (PSD) para apresentar a atual situação da entidade e buscar apoio na luta pela sede própria da associação.
 
Desde agosto de 2011, período em que tomou frente à presidência da ARPA, Aline procura parcerias para a causa, como clínicas veterinárias que colaborem adotando temporariamente os animais que são recolhidos e precisam de abrigo e/ou atendimento médico. Porém muitas dessas ajudas não saem de graça, o que dificulta ainda mais a situação da protetora rio-verdense dos animais, que precisa arranjar algum meio para levantar fundos a fim de quitar tais despesas.
 
Assim que tomaram conhecimento da situação e foram procurados pela presidente da associação, James e Iran se colocaram à disposição para discutirem formas de contribuírem com as solicitações de Aline, que se encontrou com os vereadores na Câmara de Rio Verde, onde explicou como funcionam os atendimentos oferecidos aos animais encontrados e resgatados pela ARPA, além apresentar apelos em nome da entidade. “Nós nos deparamos com muitos problemas, como denúncias falsas, falta de um carro e uma sede própria para realizarmos o nosso trabalho. Eu utilizo o meu veículo para buscar animais nos lugares”, contou Aline.
 
Assim que a líder da associação apresentou as suas reivindicações, ela ouviu de James e Iran que o primeiro passo a ser seguido agora é buscar o título de ‘utilidade pública’ para a ARPA, o que  possibilitará a ela adquirir recursos junto ao governo municipal. Outra posição anunciada pelos parlamentares é intermediar uma parceria entre Corpo de Bombeiros de Rio Verde e associação para que quando houver a necessidade de um resgate minucioso de algum animal o trabalho seja feito com a ajuda de profissionais capacitados a prestarem socorro.
 
Essa sugestão, apontada pelos vereadores, surgiu após Aline contar que um cachorro caiu dentro do córrego Barrinha e ela mesma entrou na água para ajudar o animal, o que poderia ter colocado em risco a sua integridade, já que ela e nenhuma outra pessoa da equipe ARPA é preparada para realizar resgates como este.
 
Por fim, encerrada a reunião, as expectativas que ficaram foram as de sucesso nesta parceria em prol dos animais abandonados. “Fiquei muito feliz e fui muito bem recebida. Acredito que dará tudo certo”, afirmou a presidente da Associação Rio-verdense de Proteção Animal.
 
“Vamos fazer o possível para ajudar esta entidade e os animais que precisam. Fazendo isso estaremos melhorando de alguma forma a nossa cidade”, destacou James Borges. “Trabalharemos com calma e buscaremos atender a ARPA dentro do nosso alcance de colaboração”, finalizou Iran Cabral.

Por Dyego Queiroz - Assessoria de Comunicação Câmara de Rio Verde

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora