25 de Setembro de 2015

Lissauer repudia o corte de verbas ao Sistema S

Durante reunião na sede da FAEG, com deputados estaduais e representantes classistas do agronegócio e empresarial, o deputado Lissauer Vieira, líder do PSD,foi veementemente a favor do setor produtivo e contra cortes de recursos para o Sistema S.

O encontro foi uma iniciativa da Comissão Parlamentar do Agronegócio, presidida pelo deputado Lissauer Vieira e da Comissão Permanente de Agropecuária e Cooperativa da Assembleia Legislativa, em parceria com a FAEG, e teve como principal objetivo a aproximação do Poder Legislativo goiano com representantes do setor produtivo do Estado.

José Mário Schreiner, presidente da FAEG, abriu a reunião agradecendo todos os presentes e falando sobre a importância de um bom relacionamento das entidades representativas do setor agropecuário com os representantes da população na Assembleia. “Esse é o primeiro encontro da federação com parlamentares dessa legislatura, com a certeza de que iremos estabelecer um bom diálogo para o continuo desenvolvimento do setor agropecuário e consequentemente da economia goiana e brasileira”, disse o presidente.

Presentes à reunião, 14 deputados, incluindo o presidente da Assembleia Legislativa, Hélio de Souza, foram representados no pronunciamento do deputado Lissauer Vieira. O presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio repudiou a intenção do Governo Federal em cortar 30% no orçamento do sistema S e enalteceu o setor produtivo nacional, em especial o agronegócio. “A economia do País só ainda não está no fundo do poço por causa da pujança do agronegócio. Não podemos aceitar de maneira nenhuma que o Governo Federal venha justificar sua incompetência de gestão aumentando impostos como a CPMF e fazendo cortes em setores que estão dando certo, como no sistema S”, disparou.

Lissauer Vieira afirmou que a bancada tem um compromisso não só com o setor, mas com a sociedade goiana. “Nossa bancada está comprometida e aberta ao diálogo. Estaremos atentos em todos os projetos de interesse da economia goiana. E a luta será constante para que a produção no Estado cresça cada vez mais, só assim o governo será capaz de oferecer uma qualidade de vida melhor à todos”, acrescenta o deputado.  

Estiveram presentes os deputados Hélio de Souza (DEM), Lissauer Vieira (PSD), Jean Carlo (PHS), Zé Antônio (PTB), Diego Zorgatto (PSD), Álvaro Guimarães (PR), Francisco Júnior (PSD), Nédio Leite (PSDB), Valcenôr Braz (PTB), Talles Barreto (PTB), Bruno Peixoto (PMDB), Santana Gomes (PSL) e Simeyzon Silveira (PSC). Também estiveram presentes o secretário estadual do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha; o presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira, vários representantes do Fórum Empresarial e diversas autoridades do setor agropecuário do Estado.

Sistema S

O Sistema S é o nome que se dá para o conjunto de nove instituições que são voltadas para treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica. Todas possuem o nome iniciado com S e têm características organizacionais parecidas. São elas:

·         SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural
·         SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
·         SESC - Serviço Social do Comércio
·         SESCOOP - Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo
·         SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
·         SESI - Serviço Social da Indústria
·         SEST - Serviço Social de Transporte
·         SENAT - Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte
·         SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas

Assessoria de Imprensa

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora