25 de Junho de 2013

Juraci Martins se reuniu com manifestantes

Encontro aconteceu ontem, 24, na Prefeitura

O prefeito de Rio Verde, Juraci Martins, recebeu, na tarde desta segunda-feira, 24, na sala de reuniões de seu gabinete, três das cerca de 5mil pessoas que fizeram um manifesto, na última quinta-feira, 20. Nelyne Araújo, Bruno e Cristiano Pereira, representantes dos manifestantes e que encabeçaram os protestos realizados na cidade, trouxeram e mostraram ao chefe do Executivo rio-verdense uma carta de reivindicações, que segundo eles são pedidos feitos pela própria população. “Aqui hoje somos os olhos, a boca e os ouvidos dos 180 mil habitantes do município”, comentou Bruno.

O trio também foi recebido pelos seguintes secretários: de Saúde, Leonardo Vieira do Carmo; de Comunicação, Lissauer Vieira; de Obras, Luiz Carlos Sabino; da Fazenda, Miguel Vicente; de Articulação Política, Elias Rosa Cardoso; o procurador-geral do Município, João Mário; a controladora geral do Município, Débora Chiogna. Todos os gestores exerceram papel fundamental na reunião, pois deram esclarecimentos claros e precisos sobre cada um dos assuntos colocados em questão na pauta do encontro.

Juraci Martins foi enfático ao afirmar que “esses manifestos são essenciais para que a população exerça seus direitos como cidadãos e de acordo com o que rege a democracia. Além disso, essas reivindicações são importantes para que eu saiba onde estou acertando, errando e onde devo melhorar. Quero ressaltar que os principais problemas enfrentados hoje em Rio Verde são: mobilidade urbana, saúde e segurança, sendo que estamos trabalhando para que tudo seja executado, dentro do possível, é claro”, explicou.

Sobre o problema na saúde pública do município, ele, respaldado pelo secretário da pasta, Leonardo Vieira, ressaltou o seguinte: “Rio Verde é cidade polo da região Sudoeste de Goiás no atendimento público em saúde, o que significa que mais de 20 municípios encaminham seus doentes para serem tratados aqui. Isso tem tumultuado o atendimento, pois nós não podemos deixar de prestar assistência a quem necessita. Além disso, o SUS reduziu o repasse de verbas para todo o País e nós estamos arcando com boa parte dessa conta aqui em Rio Verde”, comentou.

Quanto ao transporte coletivo, Juraci Martins disse que todas as providências, para atender as necessidades da população rio-verdense, estão sendo contempladas por meio de uma nova licitação. “Nós iremos, na maneira do possível, atender o que a população precisa, dando prioridade para o aumento no número de linhas e exigir que a empresa, vencedora da licitação, aumente a frota de veículos. Assim, poderemos evitar atrasos e demora, principal reclamação hoje dos usuários do serviço”, enfatizou. De acordo com o procurador-geral, João Mário, duas empresas, de Goiânia, estão participando da licitação.

No geral, de acordo com os três representantes do manifesto, todas as questões levantadas foram devidamente esclarecidas e que as respostas serão levadas a conhecimento da população. Juraci Martins finalizou sua fala dizendo que “os manifestos devem continuar e que é a partir dessas ações que o povo passa a ter mais voz e vez junto ao poder público”.

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Rio Verde

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora