11 de Maio de 2012

Taxista assaltado na Vila Baylão

Veículo foi roubado. Paradeiro dos bandidos segue desconhecido

Ocorrência do final da noite de ontem, 10 de maio. Onze horas da noite. Rua 35, na Vila Baylão. O taxista Bruno de Souza, de 29 anos, recebeu uma ligação pedindo que ele fosse até o local para apanhar alguns passageiros. Procedimento mais que comum. Cena corriqueira em sua vida.

Ao chegar à Vila Baylão, dois passageiros entraram em seu carro, um GM Prisma branco. Assim que o carro ameaçou dar partida, o sujeito que estava no banco de trás tirou uma faca do tipo peixeira e colocou no pescoço do taxista, fazendo ameaças.

Os bandidos tomaram então R$ 350 em espécie e dois celulares que estavam em poder do trabalhador. Em seguida, ordenaram que ele descesse do carro. Assim que Bruno foi para a rua, os dois bandidos deram no pé, fugindo com o veículo do taxista. Ainda não há pistas sobre quem seriam os dois assaltantes. A placa do carro é NVT-5424. se alguém tiver qualquer informação a respeito do paradeiro do veículo, informar no telefone 190.

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora