03 de Fevereiro de 2017

Tampas traseiras de caminhonetes são alvo de criminosos em Rio Verde

Em uma semana, seis furtos do tipo foram registrados na cidade goiana. Polícia Civil afirma que mercado ilegal fomenta essa tipo de crime

Donos de caminhonetes estão assustados com uma onda de furtos em Rio Verde. O alvo dos criminosos são as tampas traseiras  dos veículos. Em uma semana, foram registradas seis ocorrências desse tipo.

O comerciante Winglerson Alves conta que foi a uma festa em um clube da cidade e deixou a caminhonete no estacionamento. Quando voltou, percebeu o furto. “Levaram a tampa traseira e as lanternas”, reclamou.

Situação semelhante aconteceu com o auxiliar administrativo Jessé Oliveira, que foi vítima de um furto enquanto ele estava em um restaurante. “A gente entrou no local e ficou mais ou menos 1 hora lá dentro. Quando a gente retornou, o veículo estava sem a tampa traseira. Já tinham furtado”, relata.

Dono de uma oficina, Mozair Reis afirma que esse tipo de crime ocorre há bastante tempo na cidade. “Já tem muitos anos que essa modalidade de roubo acontece aqui na cidade”, ressaltou.

O delegado Aldelson Candeo, que apura os crimes, diz que os furtos ocorrem em função do mercado ilegal. “Muita gente prefere comprar essa peça furtada, roubada, por ela ter um valor menor. E dificilmente ocorre uma fiscalização da origem dessa peça do veículo usado que está circulando nas vias”, destacou.

Ele alerta que quem compra peças de veículos furtadas pode responder pelo crime de receptação, cuja pena pode chegar a quatro anos de prisão.

G1

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora