24 de Abril de 2014

Suspeito de assassinar esposa preso pela Polícia Civil

“Zé Faquinha” teria matado a esposa no dia 13 de março usando facão

Suspeito de ter assassinado sua companheira Ana Benedita de Souza Almeida, 36 anos, no dia 13 de março passado, José de Jesus da Silva, o Zé Faquinha, foi preso por Policiais Civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Formosa, em cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela justiça, atendendo representação feita pelo Delegado Fellipe Guerrieri, Coordenador do GIH. O crime aconteceu por volta das 20 horas daquela data, no Setor Sul, em Formosa, na Região do Entorno do Distrito Federal.

Dois dias após ter cometido o crime, José de Jesus se apresentou espontaneamente na Polícia Civil, assistido por Advogado, e confessou a autoria do crime. Ele relatou, na oportunidade, ao Delegado Fellipe Guerrieri, que matou Ana Benedita por ciúmes, suspeitando que a vítima o traía. Ao empreender diligências no sentido de localizar e apreender a arma do crime, um facão, os Policiais Civis do GIH apuraram que o autor se preparava para fugir da cidade e passaram, então, a monitorá-lo para saber qual o seu destino. Confirmou-se, desta forma, que Zé Faquinha iria para Caldas Novas.

A saída de José de Jesus de Formosa, ensejou o pedido de Prisão Preventiva à justiça, sendo a medida deferida de pronto. Fellipe Guerrieri disse que o crime aconteceu após a vítima ter chegado em sua casa, vindo da igreja com a filha. Foi questionada pelo acusado, afirmando que o estava traindo, tanto que procurou por ela e não a encontrou. O casal começou a discutir e partiram para as agressões. O autor apoderou-se de um facão e desferiu vários golpes na vítima.

Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora