18 de Março de 2015

Presos suspeitos de roubo de cargas

Bando atuava principalmente na BR-153

Uma operação realizada no dia 13 de março, pela Polícia Civil de Goianésia, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu seis pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada no roubo a caminhões e cargas. Jean Carlo Guimarães Barbosa, o Tourinho; Themison Eterno Vieira, o Barão; Robson de Oliveira Cardoso, o Robinho; Wellington Pereira Guimarães, Allan Patrick Galdino, o Pezão; e Leonardo Tadeu Moura, o Leozinho; foram presos no km 395 da BR 153, próximo ao Distrito de Jaranápolis, município de Pirenópolis.

De acordo com as investigações, as mercadorias roubadas seriam posteriormente trocadas no Mato Grosso. A abordagem ocorreu no momento em que os suspeitos ocupavam três veículos e se preparavam para roubar mais um caminhão que estava estacionado num posto de combustíveis próximo ao local das prisões. Levantamentos mostram que os suspeitos utilizavam veículos roubados para cometer os roubos.

No dia anterior à abordagem, eles teriam, inclusive, tentado roubar um caminhão no mesmo trecho da rodovia, próximo ao município de São Francisco de Goiás. Na ocasião, o motorista do caminhão que transportava uma carga avaliada em mais de R$ 300 mil, não obedeceu à ordem de parada e tentou jogar o caminhão contra o veículo de passeio utilizado pelos bandidos, que revidaram com disparos de arma de fogo. O motorista, que não foi atingido, perdeu o controle do veículo e acabou tombando o caminhão.

De posse destas informações, as equipes dos Grupos de Repressão a Narcóticos (GENARCs) de Goianésia e Anápolis passaram a monitorar os passos do grupo. Segundo Marco Antônio Maia Júnior, delegado regional e coordenador do GENARC de Goianésia, os suspeitos foram investigados por seis meses. Durante esse período, 25 pessoas foram presas, principalmente, por tráfico de entorpecentes. O grupo seria também responsável pela distribuição de drogas a traficantes de Anápolis, Jaraguá e Goianésia.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora