28 de Agosto de 2012

Lagoa preso no Parque Bandeirantes

Criminoso vendia drogas e estava “sumido” do regime semi-aberto, onde não aparecia há 25 dias

Mais uma vez, as denúncias anônimas ajudaram a Polícia Militar a tirar um criminoso de circulação. Quem se deu mal dessa vez foi Neilson (idade não informada), mais conhecido no mundo do crime pelo apelido de Lagoa.

Por volta da meia-noite desta terça, 28 de agosto de 2012, Lagoa foi abordado no Parque Bandeirantes pelo 2º Sargento De Moura e pelos Soldados Nelson Caetano e Melo. Após a abordagem pessoal, os homens da Lei encontraram com Lagoa uma porção de maconha e outra de crack.

Após checagem mais cuidadosa, foi constatado que Lagoa está em liberdade condicional e há 25 dias não aparece para dormir no semi-aberto. Levado para sua residência pelos policiais, foi encontrada lá uma porção de 25g de maconha. Lagoa afirmou que vende apenas maconha, e que é para “ajudar nas despesas de casa”. Ainda segundo ele, a porção de crack seria dada a uma usuária em troca de “favores sexuais”.

Lagoa trocou a cama da craqueira pela cama da CPP.

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora