17 de Março de 2015

GENARC e GIH prendem suspeitos de homicídio

Bando ostentava armas na internet

Policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) e do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), com o apoio do 1º DP de Formosa, cumpriram, no dia 11 de março, três mandados de prisão preventiva em desfavor de Guilherme da Costa Oliveira, vulgo “Cabecinha”, Kesia Ferreira Moura e Cristiano José da Silva.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Formosa e determinavam a prisão preventiva dos indivíduos em razão de participação e autoria no crime de homicídio contra Marcos Vinicius Macedo de Araujo, ocorrido em 11 de fevereiro, no setor Parque Lago. Na ocasião, a vítima foi surpreendida por um indivíduo que desferiu diversos disparos para o interior de seu veículo. Marcos morreu no local e sua namorada foi alvejada na perna.

De acordo com as investigações, os indivíduos presos fazem parte do grupo conhecido como “Rio Vermelho” e costumavam ostentar armas de fogo em redes sociais. Eles participam ativamente de constantes guerras travadas com indivíduos de setores rivais da cidade. Todos já possuem passagens pela polícia por diversos crimes. Cabecinha e Kesia respondem, inclusive, por crime de homicídio.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora