07 de Março de 2017

Criança fotografada nua por servidora municipal em Acreúna será indenizada

Menina receberá por danos morais

A família de uma criança receberá uma indenização de R$ 20 mil da prefeitura de Acreúna por dano moral. A menina, então com 2 anos, foi fotografada nua por uma servidora quando ia tomar banho em um centro educacional municipal. A decisão unânime da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás manteve parcialmente a decisão tomada pela Comarca de Acreúna. Segundo o processo, uma agente de desenvolvimento infantil desmanchou as tranças e tirou os prendedores do cabelo da menina, o “esparramou”, deixando volumoso.

Fotos foram enviadas pelo WhatsApp
Ainda segundo o processo, a servidora teria tirado a foto da menina e mandado para “vários números e grupos de WhatsApp”. A foto chegou até familiares da criança. A desembargadora Beatriz Figueiredo, relatora do caso, salientou que a criança passou por situação vexatória dentro da unidade educacional e que, por isso, há responsabilidade do município.

O Popular

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora