04 de Setembro de 2015

Assassinato de professor teria sido por vazamento de vídeo íntimo

Em uma ação rápida, a Polícia Civil desvendou o crime que chocou a cidade de Rio Verde e prendeu os assassinos. Os autores disseram que foram motivados por um vídeo íntimo que estava circulando nas redes sociais

Um crime bárbaro chocou a população de Rio Verde nesta quarta-feira, 2 de setembro. Joceli Inácio da Silva, 33 anos, vulgo “Baiano”, foi assassinado com requintes de crueldade  quando estava na companhia de sua esposa na porta de  uma lanchonete na Vila Renovação.

Em uma ação rápida a Policia Civil conseguiu identificar e prender os dois autores deste homicídio,  Jackson Avelino Miguel da Silva, 24 anos, e Alexandre Venâncio da Silva, 26 anos. Eles são os autores confessos deste bárbaro crime, e foram presos na manhã desta quinta-feira, 3. Os dois conheciam a vítima desde a infância.

O Delegado Maurício Santana disse que no local do crime os agentes do GIH (Grupo de Investigações de Homicídios) conversaram com testemunhas oculares e com a esposa da vitima que apontaram os dois como autores do crime.

Na delegacia, em depoimento,  os dois confessaram o crime e alegaram que a motivação foi um vídeo intimo que estava circulando nas redes sociais. Neste vídeo a vítima estava tendo relação sexual com a esposa de Jackson, que também é irmã de Alexandre .

Os assassinos alegaram que o vídeo havia sido gravado pela própria vítima, que também o espalhou nas redes sociais.

Segundo o depoimento dos autores do homicídio, eles viram o vídeo no dia 28 de agosto e,  revoltados com a situação, planejaram a morte de Joceli. Sem mostrar arrependimento, Alexandre disse que foi ele que atirou as quatro vezes contra  Joceli, e que o seu cunhado foi o autor das facadas. Jackson, o esposo traído, se mostrou arrependido em seu depoimento.

Diante dos fatos, o Delegado deliberou por autuar os dois  em flagrante por homicídio qualificado, e eles foram  encaminhados para CPP  (Casa de Prisão Provisória de Rio Verde), onde estão à disposição do judiciário.

Plantão JTI

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora