05 de Março de 2018

Quase rebaixado

Rio Verde perde mais uma no Goianão 2018

Neste sábado, o Atlético-GO visitou o Rio Verde no Estádio Mozart Veloso do Carmo, pela 11ª rodada do Campeonato Goiano, e saiu com o resultado positivo. Com gols de Tito e Tomas Bastos, o Rubro-negro venceu pelo placar de 2 a 0 e entrou na zona de classificação do Grupo A.

O resultado é importantíssimo para o Dragão, que chegou a 16 pontos ganhos e assumiu a terceira posição da tabela, tirando o Iporá do grupo que se classificará para a próxima fase do estadual. O Rio Verde, por sua vez, continua na lanterna da chave, com apenas seis pontos ganhos e chances remotas de classificação.

O primeiro tempo foi marcado por muita correria, disputa pela posse de bola e quase nenhuma chance clara de gol. A única foi desperdiçada pelo Atlético-GO, aos 28 minutos de jogo. Após boa troca de passes, o Rubro-negro evoluiu no campo de ataque e a bola chegou a Tito, dentro da área. De costas para o gol, o camisa nove fez o giro sobre o marcador e soltou a perna esquerda, obrigando o goleiro Fernando a espalmar para escanteio.

Os times voltaram melhores para a etapa final. Aos sete minutos, após boa jogada pela direita, o lateral Yan cruzou rasteiro e a bola sobrou com Lucas Cassiano. Ele dominou dentro da área e, em perfeitas condições para finalizar, soltou a boma. Porém, a bola acabou subindo mais do que deveria e foi para fora.

O Dragão respondeu aos 16, novamente com Tito. Desta vez o atacante não perdoou. Rodrigo cruzou na área e o camisa nove superou a marcação do zagueiro para cabecear a bola para dentro do gol do Rio Verde, abrindo o placar.

Aos 20, Tomas Bastos sofreu falta na entrada da área do time da casa. Na cobrança, o meia tentou bater por cima da barreira, mas a bola acabou desviando no braço de Bruno. Pênalti para o Atlético, que o mesmo Tomas Bastos converteu, rasteiro e no meio do gol, ampliando a contagem a favor dos visitantes.

Com a desvantagem, o Rio Verde partiu em busca do resultado. Primeiro com Will, aos 28 minutos, que perdeu a melhor oportunidade da partida ao jogar para fora o rebote dado pelo goleiro Kléver, após cobrança de falta de Rangel. Depois com Saulo, aos 33, que fez bom cabeceio, mas viu Kléver aparecer novamente para defender. Nada feito para os mandantes, que não conseguiram reagir e se complicaram de vez no Goianão.

Gazeta Esportiva

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora