09 de Fevereiro de 2012

Mais uma paulada

Rio Verde perde para Morrinhos e fica em situação desesperadora no Goianão

30 de julho de 1995. Essa é a data da última vitória do Esporte Clube Rio Verde na Primeira Divisão do Campeonato Goiano. Nessa data, o Verdão do Sudoeste bateu o CRAC por 3 a 1 no Mozart Veloso do Carmo, e fez uma de suas melhores campanhas na história, para depois amargar 14 anos de inatividade total.

Ontem, o Verdão poderia ter dado um fim a esse incômodo jejum. Mas não foi desta vez. Um time desconexo, confuso e que foi envolvido por um primeiro tempo impecável por parte do Morrinhos perdeu mais uma. O torcedor não deve se iludir com o placar apertado (2 a 1) para o Morrinhos. O goleiro Wagner Bueno fez pelo menos duas defesas milagrosas no primeiro tempo, que impediram que a equipe visitante abrisse uma placar de 4 a 0 antes do fim das primeira etapa.

De novo, os problemas defensivos da equipe foram escancarados para os 2000 torcedores que estiveram presentes no Mozart Veloso do Carmo. Laterais que não marcam e não apóiam, zagueiros que não cobrem, volantes que não interrompem as jogadas. Tudo isso marcou mais uma derrota do Verdão ontem.

A situação da equipe agora é desesperadora. Com apenas 2 empates e 4 derrotas em seis rodadas, o Rio Verde é o mais forte candidato ao rebaixamento. O time já se tornou o saco de pancadas do campeonato. Para piorar a situação, o Rio Verde joga duas vezes fora de casa, contra as fortes equipes do Crac e do Goiás. O time pode voltar dessa mini-excursão com mais duas derrotas, e a vaga na Segundona praticamente garantida. Faltou planejamento.

RIO VERDE 1X2 MORRINHOS
 Local: Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Data: 08/02/2012
Horário: 20h30
Árbitro: Cléber Vaz
Assistentes: Márcio Soares e Valdir dos Anjos
Cartão vermelho: Marcelo Lanza 25’ 2T (Morrinhos)
Gols: Nonato 44’ 1T (Rio Verde); Rodriguinho 16’ e 33’ 1T (Morrinhos)
Renda; R$ 18.725,00
Público: 2.007 pagantes
RIO VERDE: Wagner Bueno; Marcelo Goiano, Jaime, Carlão e Paulo César; Léo Mineiro, Geovane, Juninho, Keninha (Danilo); Felipe Gaúcho (Raylson) e Nonato
Técnico: Artur Neto
MORRINHOS: Leonan; Da Silva, Rafael Oleosa, Saul, Vinicius Zaqui e Marcelo Lanza; Vanderson, Alexandre (Regis), Rodriguinho (Giovani) e Juninho Paraíba; Sidney
Técnico: Junio Pezão

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora