24 de Janeiro de 2017

Em cartaz: XXX Reativado

Filme está em exibição nos dois shoppings de Rio Verde

Depois de deixar Triplo X e Velozes e Furiosos na primeira metade dos anos 2000 para tentar a sorte fora das franquias - o que rendeu filmes tão distintos quanto Operação Babá e Sob Suspeita, penúltimo longa de Sidney Lumet - Vin Diesel fez as pazes com sua persona pública de machão e principalmente com o motor hollywoodiano. Voltou para Velozes e Furiosos, virou o "dono" da série, e agora retorna ao papel de Xander Cage em xXx: Reativado.

O Vin Diesel que aparece em cena neste terceiro filme dos espiões esportistas é visivelmente um ator à vontade - e francamente acomodado - em seu status de action figure paródico de James Bond. Não é o mesmo ator marrento de Dominic Toretto, e sim um Vin Diesel mais afetado, até feminino, mesmo quando tomba meia-dúzia de mulheres vestindo apenas seu casacão de pele. Xander Cage nunca deixa de ser uma versão dândi autoirônica de si mesmo, competindo com uma mulher para ver quem tem as tatuagens mais iradas, e por muito pouco o mote de xXx: Reativado deixa de ser os esportes radicais para virar o poliamor.

As dinâmicas sexuais sempre estiveram no centro de Triplo X, e os melhores momentos deste terceiro longa - ou pelo menos os momentos mais inesperados, num longa ademais marcado pela previsibilidade - são aqueles que trazem novidades para essas dinâmicas: primeiro, o ótimo papel de nerd de Nina Dobrev, que tem diálogos surpreendemente bem escritos para pontuar como seu jogo de palavras e de insunuação desconcerta Cage, e depois no encontro de Deepika Padukone com Ruby Rose, cercado de símbolos fálicos (a metralhadora primeiro, a troca da pistola depois, como voto de confiança, até as facas no fim), que infelizmente não se consuma em cena como um despertar homossexual (o que teria sido mais do que aceitável num filme que se julga tão "radical").

De resto, xXx: Reativado é piada do começo ao fim - o que o roteiro deixa saliente no subtexto ao silenciar o discurso de Samuel L. Jackson sobre geopolítica com uma grande explosão à moda Armagedon. É o nicho de Triplo X, sem dúvida, embora dê para argumentar que existem outras comédias muito mais arrojadas hoje, como sátira a machões e ao cinema de ação, de Anjos da Lei a MacGruber.

A única coisa que Triplo X leva a sério, até demais, é sua insistência em se posicionar como produto. As frases de efeito, as viradas no roteiro, a resolução que deixa tudo pronto para continuações - tudo se organiza neste filme em nome de um nicho de mercado, e não deixa de ser irônico que uma das melhores piadas de xXx: Reativado junte Samuel L. Jackson e os Vingadores (que afinal são o grande benchmark de franquia neste século). Vamos ver até quando Vin Diesel consegue embalar e vender esse produto acabadinho, sem arestas, com o rótulo da rebeldia.

O filme está em exibição nos dois shoppings de Rio Verde. Para conferir os horários, acesse http://www.cineflix.com.br/programacao/buriti-shopping-rio-verde/ e http://shoppingrioverdego.com.br/filmes. Clicando no ícone “Vídeos”, você assiste ao trailer do longa.

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora