13 de Novembro de 2014

Alunos de Ouroana premiados

Eles participaram de concurso de redação e desenho

Os alunos do 2º ao 5º ano da EMEF Prof. Cesário (Distrito de Ouroana) participaram no segundo semestre deste ano, de concurso de redação e desenho. Nesta terça-feira, 11, os três melhores trabalhos por categoria foram premiados; no concurso de desenho com bicicletas e redação com um tablet cada. A instituição de ensino também foi contemplada com um computador e impressora.

A coordenadora pedagógica da unidade, Maria Aparecida acredita que a premiação incentivou as crianças e que as produções surpreenderam. “No total foram 60 redações de alunos de 4º e 5º ano e 41 desenhos de crianças do 2° e 3º ano. Eles ficaram bastante envolvidos”, observou.

A iniciativa fez parte de um projeto social da DuPont, que visa a educação e orientação das crianças na faixa de 6 a 10 anos, conscientizando-as sobre a importância do agricultor e também com orientações sobre a melhor forma de uso dos defensivos agrícolas, garantindo segurança para vida e o Meio Ambiente.

A gestora da unidade, Fátima da Mata e Silva parabenizou os alunos pelos resultados e enfatizou que todos foram vencedores, pois mesmo não tendo os trabalhos selecionados o talento deles foi visto e admirado.

O tema do concurso foi “Meu herói, o agricultor” e a DuPont juntamente com a empresa Casa Fértil foram parceiras desse trabalho, cujo resultado final foi avaliado de forma satisfatória e acima da média se comparado a outras unidades que já participaram.

O projeto acontece há sete anos e tem como critério da escolha das unidades participantes, aquelas vinculadas ao meio rural e indicadas por um agricultor local.

Durante cerimônia de premiação, os alunos relembraram o que aprenderam com o projeto. O consultor de vendas da Casa Fértil, Wanderson da Silva relatou que a empresa tem por meta a participação em projetos de conscientização que visem à preservação ambiental e a segurança no campo. “As crianças atuam como multiplicadores e orientam os próprios pais”, salientou.
 
Uma das ganhadoras do concurso de redação, Kaylaine Cristina, 10 anos disse que queria muito ganhar o prêmio, mas estava preparada também para perder. “Fiquei muito ansiosa e para minha surpresa ganhei, quero me divertir com o tablet e aprender também. Eu nunca havia me envolvido com a agricultura, mas aprendi muito com projeto”, afirmou.

Ascom – Prefeitura de Rio Verde

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora