11 de Fevereiro de 2014

Cuidados com a pele devem aumentar no verão

Uso de filtro solar é obrigatório, mas existem outras medidas de precaução

O principal fator de envelhecimento da pele é a exposição ao sol. E nesta época do ano, com temperaturas elevadas e dias mais claros, os cuidados devem ser redobrados. Como no calor é mais difícil resistir às praias, piscinas e atividades ao ar livre, é preciso saber o que fazer para proteger a pele.

O básico da proteção é o uso do protetor solar UVA e UVB e, no verão, o fator de proteção deve ser maior, segundo a dermatologista Bruna Bravo, coordenadora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro. Segundo ela, até mesmo embaixo da barraca, na praia, deve-se usar o filtro solar, porque a pele pode ser afetada pelo reflexo do sol na areia.

- Temos de preservar a pele, porque o principal fator de envelhecimento é a exposição ao sol. A ideia é evitá-lo. Mesmo embaixo dos guarda-sóis, por exemplo, deve-se usar protetor, óculos, o que for necessário para minimizar a exposição.

O filtro solar deve ser reaplicado a cada duas horas, explica Bruna. E quem faz tratamentos com ácidos ou clareadores com componentes químicos fortes deve mudar essas substâncias durante essa época do ano. Quem faz peelings químicos e gosta de se bronzear deve parar o tratamento. Hidrantes e roupas mais leves também são recomendáveis nesta época.

O cuidado deve ser redobrado com as crianças, principalmente aquelas que ficam muito tempo na água. Segundo a dermatologista Graça Silveira, os filtro solares para essas crianças devem ser os resistentes à água. Nesses casos, o protetor deve ser reaplicado a cada hora.

- É bom ficar atento. Mesmo usando filtro, a criança não estará blindada aos efeitos nocivos do sol. Outra medida de suma importância é evitar o sol entre 10h e 16h. Não é recomendável deixá-los horas a fio na água. Uma pausa embaixo da barraca ou na sombra deve ser ensinada aos pequenos. Os pais têm de saber que 80% dos danos à pele provocados pelo sol ocorrem antes dos 18 anos - explica Graça.

Segundo Graça, os filtros com fatores de proteção solar (FPS) mais altos ficam mais tempo na pele, o que é ideal para essa época do ano.

- Acima do FPS 30, o percentual de proteção sofre uma variação muito pequena. Enquanto o FPS 30, por exemplo, filtra 96,7% da radiação solar, o FPS 40 filtra 97,8%. O protetor com o FPS mais alto possui uma permanência maior na pele, devido a uma fórmula mais estável, a chamada fotoestabilidade. Ou seja, faz diferença sim o uso de um protetor com FPS acima de 30, principalmente se a pessoa ficar ao ar livre, em razão da maior permanência do produto na pele.

Graça recomenda ao menos uma consulta anual a um dermatologista, que pode detectar precocemente o câncer de pele e outras doenças que podem ser curadas se descobertas no início.

Confira dez dicas de cuidados com a pele no verão:

- Prefira estar na praia antes das 10h e após 16h;

- Escolha um filtro solar com proteção UVA e UVB;

- O FPS que mede a radiação UVB deve ser acima de 50;

- Aplique o filtro solar antes de sair de casa, para que o produto possa ser absorvido pela pele. Uma medida aproximada seria um grama para cada passada no rosto e trinta gramas para o corpo;

- Passe protetor nas orelhas e use um protetor especifico para os lábios com FPS. Lábios e orelhas são áreas também sujeitas ao câncer de pele e não podem ser esquecidas;

- Reaplique o protetor a cada duas horas, ou antes disso, em caso de transpiração excessiva ou de mergulhos prolongados;

- Outras formas de proteção solar: use chapéu com abas, boné, viseira e óculos escuros. O couro cabeludo e os olhos são também áreas que precisam estar protegidas. Tramas de tecidos com FPS, para camisetas, chapéus e bonés, complementam a proteção;

- Fique a maior parte do tempo sob uma barraca, que deve ser de tecido e de cor clara, para refletir os raios solares;

- Use antioxidantes tópicos antes da aplicação do filtro solar (produtos com vitamina C, vitamina E, idebenona, entre outros). Os antioxidantes usados por via oral são também recomendados, como chá verde, por exemplo;

- Alimentos ricos em caroteno (pigmento que se deposita na pele e é encontrado no caqui, na cenoura e na beterraba) devem ser consumidos no verão. Além de muito saudáveis, vão deixar a pele um pouco mais escura naturalmente.

Fonte: O Globo

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora