06 de Julho de 2015

Procon orienta sobre cuidados na compra de pacotes de viagem

As férias de meio de ano estimulam a procura por pacotes de viagens, que nem sempre são tão vantajosos quanto parecem ser nas propagandas

As férias de meio de ano estimulam a procura por pacotes de viagens, que nem sempre são tão vantajosos o quanto parecem ser nas propagandas. Para que o consumidor evite dissabores, o Procon Goiás orienta sobre os cuidados na hora de organizar a viagem. É importante que a viagem seja planejada com antecedência e não apenas isso, mas que haja a efetivação do pacote. Assim, o passeio é feito com mais tranquilidade. Procon lembra que paciência, investigação e calma são fundamentais para uma análise mais aprofundada das opções de pacotes oferecidos pelas agências de turismo.

Pacotes e roteiros
O pacote é a junção de serviços que as agências de turismo fazem para dar mais comodidade à sua viagem. Geralmente eles incluem transporte, hospedagem, passeio turístico, caminhadas, atividades extras, dentre outros serviços. O roteiro varia de acordo com o gosto do consumidor, nesse caso, ele deve escolher o serviço que atenda melhor suas necessidades. Há pacotes nacionais e internacionais, individuais e coletivos.

É importante que o turista observe  se a agência de turismo na qual ele fará a compra está regularmente cadastrada no Ministério do Turismo. Esse cadastro visa promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil. Dessa maneira, o consumidor pode checar se a agência atende as normas e está legalmente hábil para atuar no segmento turístico.

Assinatura de contrato
Depois de verificar se a empresa é cadastrada no Ministério do Turismo e, após ter escolhido o pacote de acordo com seu perfil, é hora de assinar o contrato de prestação de serviços. Nessa hora o Procon orienta ao cliente a leitura atenta de todos os detalhes do contrato para que tudo fique muito bem esclarecido, evitando assim surpresas desagradáveis.

Dicas importantes
Para a segurança do consumidor é fundamental que sejam guardados  os materiais publicitários (recortes de jornais, revistas, “prints” de sites, etc.) do serviço oferecido. Caso haja descumprimento do que fora acordado no contrato, todo esse material pode ser usado pelo cliente na hora de reivindicar seus direitos. E-mails trocados durante a negociação também servem de prova para futuras reclamações.

Antes de viajar é fundamental que o consumidor exija as confirmações de reserva, passagem e demais serviços por escrito, conferindo informações de check-in, check-out e taxas.

Em caso de cancelamento da viagem, se a iniciativa for por parte da agência, ela deverá restituir ao cliente o valor pago, prejuízos financeiros e possíveis danos. No entanto, se o consumidor quiser cancelar o serviço, deve fazê-lo por escrito, mas deve ficar atento ao que dispõe o contrato e ao valor total do pacote, uma vez que a empresa poderá, nesse caso, cobrar multa. É importante ter em mente que quanto mais próximo da viagem for o cancelamento, maior será o valor a ser pago.

O Procon Goiás oferece atendimento aos consumidores, na sede do órgão, na Rua 8, nº 242, no centro de Goiânia e nos postos de atendimento, que ficam nas agências Vapt Vupt. Além do atendimento presencial, o Procon Goiás disponibiliza o disque denúncias, o telefone 151 e o Procon Virtual.

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora