09 de Junho de 2015

Preço do etanol diminuiu em Goiânia e aumenta em Rio Verde

Postos da cidade não quiseram justificar o aumento

O preço do etanol caiu em Goiânia e Anápolis, na região Central do estado, que tem um dos valores mais baixos do combustível em Goiás. Na capital, o litro pode ser encontrado por até R$ 1,79. Na cidade vizinha, os postos mais baratos cobram R$ 2,09 pelo litro do produto.

Já nas regiões Norte e Leste do estado, o valor do etanol continua alto. Em Porangatu, no norte de Goiás, o álcool combustível pode ser encontrado, em média, por R$ 2,25. Já na cidade de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, o etanol está ainda mais caro custando, em média, R$ 2,59.

Na cidade de Rio Verde, no Sudoeste de Goiás, o valor do litro do etanol também não caiu. O preço do produto pode chegar a R$ 2,27 nos postos mais caros. O menor preço encontrado na cidade foi de R$ 2,22.

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto) informou que a variação de preços se deve a promoções que estão sendo feitas pelos postos. Já o Sindicato da Indústria de Fabricação do Etanol no Estado de Goiás (Sifaeg) afirmou que houve redução nos valores devido à safra de cana-de-açúcar, que teve início no final de abril e aumentou a oferta do etanol.

Uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), comprova a queda no valor do combustível vendido pelas usinas para as distribuidoras no estado. Segundo o site do Cepea, a venda do litro de etanol hidratado pelas usinas em Goiás passou de R$ 1,13 no final de abril, para R$ 1,09, no final de maio.


O economista Marcos Antônio Teodoro aconselha o consumidor a encher o tanque. “Quem for fazer uma viagem pode dar preferência para o etanol porque houve uma redução e compensa. Quando a oferta do etanol diminuir no mercado, a tendência é haver um aumento no preço”, explica.

Para continuar economizando na hora de abastecer, a dica é dividir o valor do álcool pelo valor da gasolina. Caso o resultado seja menor que 0,7, o etanol oferece o melhor custo-benefício. O aposentado Manoel Cruz afirma que a viagem deste feriado vai ficar mais em conta. “A diferença é grande, o consumidor que sai ganhando”, diz.

G1

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora