27 de Junho de 2012

Pecuária 2012: retorno às origens

Rodeio de Rio Verde promete ser mais uma vez destaque no cenário nacional. Lauro Dias dirigirá a atração

O melhor rodeio em touros do Brasil retorna as origens que o consagraram com um grande espetáculo de habilidade e resistência. O evento será realizado de 19 a 22 de julho e contará com a presença de peões consagrados, tropeiros, salva-vidas e touros premiados.

De acordo com o diretor do rodeio, Lauro Dias, está nova fase possibilitará uma liberdade criativa e dinamismo ao evento. “Contaremos ainda com grandes atrações e locutores como o Piracicabano, Palito e Almir”, diz.

Vale ressaltar que o Rodeio em Touros de Rio Verde é filiado a Confederação Nacional de Rodeio – CNAR, a qual regulamenta a atividade no país. “Este órgão tem como objetivo organizar, dirigir e incentivar em todo território nacional, a prática da modalidade de rodeio, fiscalizando e promovendo os eventos e campeonatos estaduais e nacionais em todas as modalidades do rodeio, executando um trabalho em conjunto com suas Federações Estaduais de Rodeio”, frisa.

Quanto à premiação, afirma Lauro, os valores serão superiores ao ano passado. “Preparamos muitas novidades para o público, inclusive na abertura do rodeio”, destaca.

Uma história de sucesso
No início dos anos 80, a Exposição Agropecuária dava seus primeiros passos no rodeio de animais com um pequeno espaço reservado para a montaria em cavalos e burros. Uma atividade ainda voltada para a recreação e diversão de competidores locais.

Com o vislumbre do potencial que está atração poderia alcançar e baseado em exemplos de sucesso como Barretos, Americana, dentre outros, o Sindicato Rural mudou radicalmente sua postura quanto à atividade. Através de investimentos e trabalho árduo de um grupo coordenado por Lauro Dias, o rodeio de Rio Verde começou a ganhar destaque nacional, contando assim com a participação de peões de renome como Adriano Moraes, campeão mundial.

Em busca de novas experiências e ideias inovadoras, a equipe começou a visitar rodeios em São Paulo, Mato Grosso e Minas Gerais. Durante estas viagens um fato chamou a atenção: nenhum peão ficava com os carros e motos que ganhavam nas competições, pois existia a superstição de que a inveja do perdedor lhe traria má sorte e por conseqüência um acidente automobilístico.  

Neste sentido, todas as premiações foram convertidas em dinheiro, agradando assim os participantes. Porém, a grande mudança no contexto e estrutura do rodeio como ele conhecido hoje aconteceu após uma viagem do diretor do rodeio, Lauro Dias, aos EUA, onde percebeu a qualidade com que eram feitos esses eventos, o tratamento dos peões e opção de se especializar em apenas uma modalidade.

A partir daí nasce o premiado Rodeio em Touros de Rio Verde, onde o animal e o homem tornaram-se as atrações deste grande show de habilidade, técnica e muita coragem, onde apenas oito minutos podem definir um campeão. Um evento de qualidade técnica, com uma estrutura inovadora, touros premiados e peões consagrados só poderia resultar em sucesso de público e crítica.

Arena de Ouro
O famoso ditado popular já dizia “você colhe o que planta” e neste caso se encaixa perfeitamente no Rodeio de Touros de Rio Verde. Prova disso são os inúmeros prêmios conquistados ao longo dos anos através de muito trabalho, esforço e preparação.

O troféu Arena de Ouro, segundo Lauro Dias, trouxe o reconhecimento merecido à comissão organizadora, dando renome nacional ao evento. Desde o ano de 2001 até agora, Rio Verde ganhou doze troféus, sendo oito de melhor rodeio em touros, dois de melhor diretor e um de melhor público.

No ano passado, o Sindicato Rural recebeu o 12º troféu no dia 26 de março, em São Paulo, confirmando assim a excelência do rodeio. O diretor Lauro Dias também foi homenageado pelos 10 anos de participação consecutiva no evento.   

Reconhecimento estadual e nacional
O Rodeio em Touros de Rio Verde foi premiado pela revista Arena Country como o melhor evento do gênero no estado de Goiás e Tocantins. A premiação, realizada no dia 17 de abril, em Goiânia, contou com a participação de renomados profissionais do setor.
 
Um total de 33 itens foram julgados pelo público através de votação via internet, onde definiu-se os três finalistas de cada modalidade. Ao final, coube ao júri escolher os melhores representantes desta atividade que conquista adeptos e fãs a cada dia no Brasil e no mundo.

Durante o evento, Lauro Dias, recebeu o troféu de melhor diretor de rodeio por divulgar o nome de Rio Verde e Goiás para o resto do Brasil. “Um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido ao longo de tantos anos, com muita dedicação e amor ao que faço”, comenta.

O Rodeio em Touros de Rio Verde, afirma ele, é referência nacional comprovada pelas diversas premiações como o troféu Arena de Ouro. “Desde o ano de 2001 até agora, Rio Verde ganhou doze troféus, sendo oito de melhor rodeio em touros, dois de melhor diretor e um de melhor público”, recorda.

Fonte: Sindicato Rural de Rio Verde

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora