07 de Junho de 2011

Objetivo contra as drogas

Polícia Militar faz campanha na Faculdade

Depois de terem realizado palestras para alunos dos ensinos fundamental e médio do Colégio Objetivo sobre bullying, drogas e violência no ambiente escolar, oficiais do 2º Batalhão da Polícia Militar promoveram nesta semana a conscientização dos universitários. Na terça-feira, o evento, que teve apoio do Conselho Comunitário de Segurança, foi dirigido para estudantes de Administração, Comunicação Social, Gestão Hospitalar, Processos Gerenciais, Fisioterapia e Enfermagem. No dia seguinte, o auditório foi ocupado por alunos de todos os períodos do curso de Direito.

As palestras também contaram com a participação da coordenadora pedagógica do Instituto de Ensino Superior de Rio Verde (IESRIVER)/Faculdade Objetivo, Stefane Barbosa, da coordenadora do Núcleo de Responsabilidade Social, Maria Isabel Pereira, e de todo o corpo docente. O Sargento Furtunato apresentou vídeos, reportagens e depoimentos de usuários de crack e outras drogas no município e reforçou o cunho preventivo da campanha. Segundo ele, a droga já atinge todas as classes sociais e a questão já é tratada como um problema de saúde pública. Presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Manoel Divino da Silva falou aos jovens sobre a importância dos valores familiares e do papel da educação no combate à epidemia da droga.

Polícia Comunitária
As palestras de conscientização e prevenção sobre drogas, bullying e violência no ambiente escolar para todos os alunos do Colégio Objetivo e aos acadêmicos da Faculdade Objetivo são resultado de uma parceria firmada pela Instituição com a Polícia Militar. O projeto é pioneiro no interior e será aplicado nas demais escolas públicas e particulares a partir da experiência já vivenciada co Colégio Objetivo e no IESRIVER. A meta é aproximar a polícia dos estudantes e envolver também os familiares e funcionários em um esforço preventivo. Além do patrulhamento escolar, a Polícia Militar oferece o Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (PROERD) e distribui uma cartilha com dicas e orientações sobre segurança.

Agência Escola de Comunicação

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora