03 de Fevereiro de 2017

Estudante faz vaquinha para conseguir fazer Medicina em Rio Verde

"Meu sonho é conseguir me formar e essa vaquinha online foi o último grito de esperança", afirma a jovem

Uma nova campanha tem ganhado as redes sociais. É sobre a história da estudante Isadora Freitas, de 21 anos, que está realizando uma campanha para pagar a matrícula da faculdade de medicina.

Isabela estuda na Universidade de Rio Verde (UniRV) e já está indo para o quarto período de medicina. Isadora prestou  19 vestibulares antes de passar para o curso e conta que apesar do estresse e do cansaço dos vestibulares, ter passado foi uma vitória.

“Eu pensei que não conseguiria, mas minha família, meu namorado e amigos foram maravilhosos comigo. Amo o curso que eu faço e apesar da distância, e de ver minha família e meu namorado só de 15 em 15 dias, eu não o trocaria por nada nessa vida”, relatou.

Como uma última esperança para levantar o dinheiro necessário para a matrícula, a jovem recorreu uma campanha na internet e disponibilizou uma conta poupança no banco para receber as doações.

Segundo ela, apesar de ter crescido com uma condição financeira estável, a crise afetou gravemente a família que não tem condições de pagar as mensalidades do curso.

“Meu sonho é conseguir me formar e essa vaquinha online foi o último grito de esperança. Graças a Deus as pessoas têm contribuído e compartilhado para outras pessoas também verem”, contou.

“Peço que me ajudem a realizar esse que é mais que um sonho, é uma missão que Deus colocou em minhas mãos. Pretendo me tornar uma profissional exemplar e que sempre ilumine a vida de todos os que passarem pelo meu caminho! Qualquer ajuda é bem vida!” pede.

Para fazer uma doação de qualquer quantia para a estudante é só entrar no site da https://www.vakinha.com.br/vaquinha/me-ajude-voltar-para-a-medicina ou realizar o depósito  para Isadora Souza Freitas, na Caixa Econômica Federal (Agência 0014, operação: 013, conta: 00028437-6).

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora