27 de Julho de 2011

Cuidado com o golpe telefônico

Bandidos têm passado vários golpes por telefone em Rio Verde

Era uma terça-feira como qualquer outra na residência de Fabiana (nome fictício), bancária aposentada. O telefone tocou. Ela atendeu. Do outro lado da linha, uma voz de criança dizia para chamar a sua mãe. Ela, que já é avó e estava com a filha na sua frente, achou que se tratava da filha de sua funcionária. Passou o telefone. A voz de criança disse então para a funcionária que havia sofrido um acidente, e que precisava de socorro. Fabiana e sua funcionária largaram tudo o que estavam fazendo, e foram socorrer a menina, sem desligar o telefone.

A menina, obviamente, não era filha da funcionária da Fabiana. O que ela queria na verdade era que Fabiana colocasse crédito em um celular (com número de Goiânia), provavelmente para ser usado por algum criminoso dentro de alguma prisão. Fabiana e sua funcionária em nenhum momento tentaram ligar para a menina em seu celular, para saber se ela estava realmente ferida. Só não colocaram crédito no telefone passado pela golpista porque tiveram notícias da menina.

Entretanto, essa história infelizmente não foi a única acontecida em Rio Verde nos últimos dias. De dez dias para cá, várias pessoas foram vítimas da mesma tentativa de golpe. Alguns perceberam logo no início que se tratava de armação feita por bandidos, e simplesmente desligara. Outros foram até o final, e compraram créditos ou fizeram depósitos para contas de gente ligada a facções criminosas. Para não ser uma vítima deste golpe, sempre que receber um telefonema deste estilo mantenha a calma. Sempre avise a Polícia. Nunca tome atitudes que envolvam depósitos bancários ou compra de créditos para celular. Os Bombeiros e o SAMU atendem de graça, portanto nenhuma destas duas organizações jamais irá pedir dinheiro em seu nome. Se possível, instale um identificador de chamadas em seu telefone. Ele ajuda a descobrir chamadas oriundas de outras cidades. São dicas simples, mas que ajudam a contribuir para que você não seja mais uma vítima de golpe.

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora